Clarisse

Hoje vou prestar homenagem à uma companheira que esteve junto desde os primeiros passos da publicação desse projeto.

Ela me acompanhava nas madrugadas as vezes no meu colo ou quase sempre entre o vão do teclado e monitor.

Na verdade ela achava que a máquina era a casa dela.

Ela me mostrou que muito doque eu conhecia sobre gatos era pura lenda. E nela vi amizade e companheirismo.

Nem sempre nos entendíamos, o que rendeu até um acréscimo num personagem do jogo inspirado em um dos seus momentos de crise.

Outras vezes era apegada demais, como em tantas que tive que correr para lavar roupa de cama por ela ter "me" demarcado.

Ela chegou de um jeito inesperado e misterioso. Ouvi um miado na porta abri e ela entrou.

E como num estranho círculo ela se foi, sem explicação e da mesma forma que eu fui o primeiro da família a lhe ver também fui o ultimo.

Clarisse morreu 9:00 da manhã de uma quinta (26/01/2011) com uns 2 anos. De causas desconhecidas após passar por um procedimento rotineiro numa clinica veterinária.

De cada 100 que passam por uma castração 1 tem complicações e minha filinha foi sorteada.

Ela deixou dois filhos que vão ficar comigo e muita saudade.

Comentários

  1. puxa vida bits... q sacanagem... meus pesames... :'(

    ResponderExcluir
  2. QUE TRISTE. TANBEM AMO GATO,TENHO UM CHAMA FREDERICO,,AMO DEMAIS NAO SEI O QUE SERA DE MIN S EPERDE_LO

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Como fiquei sabendo que um pobre blogueiro foi processado por um comentário anonimo esses dias, so me resta me precaver contra a ineficácia da legislação em tratar o meio online. Mas eu prometo que libero rapido ^_~