Wild Witch Project - Um game que você nunca viu

Neste jogo você precisa ajudar uma bruxa adolescente a salvar seu mundo da Mortífera Bunda Assassina do Espaço Sideral

Base estrutural do jogo feita [alpha]


Fiz algumas implementações mais robustas no ambiente de teste.
Terminei a conexão com o ambiente Lua e estou adicionando funções para ajudar a monitorar os objetos.
Seguindo a dica do Alexandre (@O_RPGista) estou usando o Sistema Daemon, apesar de ainda não ter noção total da possibilidade de uso ainda é uma boa pedida, mesmo porque muita coisa terei que modificar, tornar mais simples, etc.


Uma coisa que percebi é que os MMORPG da vida viciaram o povo em barras de vida e magia grandes, bem incompatíveis com o RPG de mesa, por exemplo é comum ter HP 5 na mesa, mas no PC os números podem ser maiores, inclusive para dar a sensação de ver a vida se esvaindo na tela.

A engine gráfica
Pode ser que eu esteja perdendo tempo, afinal OGRE me oferece um ambiente estupidamente completo enquanto Molehill ainda esta em desenvolvimento.No entanto ele é muito bem convidativo. Ainda mais se analisar a facilidade que é você incorporar bibliotecas na AS3.
Por enquanto estou estruturando as coisas pelo FlashDevelop via máquina virtual, mas o FlexSDK permite que eu compile direto no Linux, coisa que será muito útil na hora que eu estiver incorporando mais media.
Na verdade estou fazendo muitos estudos em "me dar" um FDP de Natal.

A estrutura interna

Ainda sigo os mesmos padrões do desenvolvimento usando OGRE (mesmo porque eu sempre copiava o Flash).
No entanto esta parecendo mais viável fazer tudo pela AS3 doque incorporar SWF no C++, assim tenho mais recursos de interface para usuário.

A incorporação de bibliotecas é simples, e eu estou incorporando sem medo já que o projeto é off-line.

Aquela pasta lua_assets foi bem chatinha de incorporar, o VMWare não seguia os links simbólicos do Linux e o projeto em Lua estava em outra pasta de trabalho (recursos que o povo que usa NTFS nem imagina, mas como são eficientes XP). Por sorte foi fácil resolver.

Estou usando a ASWing mesmo, além de poder usar o editor dela também posso usar o Eclipse ou NetBeans pra fazer o esqueleto da GUI. ("código auto gerado")