Wild Witch Project - Um game que você nunca viu

Neste jogo você precisa ajudar uma bruxa adolescente a salvar seu mundo da Mortífera Bunda Assassina do Espaço Sideral

Harpias no alto da Torre

Croqui de cena e personagens
Harpias são monstros voadores, metade mulher e metade "sapatão" que irão trazer muitos perigos para Cibele.
Elas vivem no alto da Torre Abandonada de Belzebu, e a noite saem para caçar e fazer maldades. A metade do corpo para baixo é de ave com garras enormes e letais. Da metade para cima pode se ver o corpo de uma mulher mas com um detalhe de apresentarem apêndices nas costas, como se fossem assas atrofiadas e infuncionais. No entanto a engenharia dos globins promoveu extensões mecânicas que contornam esta deficiência e permite que as harpias voem e sejam perfeitamente letais em seus rasantes.
Esta morfologia estranha fez alguns estudiosos teorizarem que elas eram descendentes de anjos e humanos, mas poucos pesquisadores sobreviveram o suficiente ao chegar perto para um exame mais detalhado.

Atualmente há 3 harpias vivendo no alto da torre, e por um infeliz descuido de alguns guardas (que sofreram o devido castigo) a adorável filha do Rei Trololow foi arrebatada por essas garras nefastas.
O canto da princesa pode ser ouvido todas as noites lá do alto, o que deixa todos os súditos do Rei cada vez mais tristes. Pois a princesa Pâmela era a orquídea do reino, todos os trolls a idolatravam por sua doçura com os súditos e sua beleza descrita por todos que a descreviam como: seu lustroso e sensual bigode e seus dois seios esquerdos, fartos e firmes, os fariam lutar até a morte em sua disputa.

Mas por sorte o shamam predizeu que uma bruxa iria aparecer e resgatar a princesa... e ai surge Cibele!
Seus nomes são Aelo (Ἀελλώ) a mais velha e má humorada, Ocípide (Οκύπητη) a mais veloz e a estranha Celeno (Κελαινώ).


Modelo base
Para produção irei usar este modelo base, falarei desse protótipo mais tarde, com o modelo é só ajustar as formas e modelar algumas partes edicionais.

Algumas imagens de referência de harpias.