Harpias no alto da Torre

Croqui de cena e personagens
Harpias são monstros voadores, metade mulher e metade "sapatão" que irão trazer muitos perigos para Cibele.
Elas vivem no alto da Torre Abandonada de Belzebu, e a noite saem para caçar e fazer maldades. A metade do corpo para baixo é de ave com garras enormes e letais. Da metade para cima pode se ver o corpo de uma mulher mas com um detalhe de apresentarem apêndices nas costas, como se fossem assas atrofiadas e infuncionais. No entanto a engenharia dos globins promoveu extensões mecânicas que contornam esta deficiência e permite que as harpias voem e sejam perfeitamente letais em seus rasantes.
Esta morfologia estranha fez alguns estudiosos teorizarem que elas eram descendentes de anjos e humanos, mas poucos pesquisadores sobreviveram o suficiente ao chegar perto para um exame mais detalhado.

Atualmente há 3 harpias vivendo no alto da torre, e por um infeliz descuido de alguns guardas (que sofreram o devido castigo) a adorável filha do Rei Trololow foi arrebatada por essas garras nefastas.
O canto da princesa pode ser ouvido todas as noites lá do alto, o que deixa todos os súditos do Rei cada vez mais tristes. Pois a princesa Pâmela era a orquídea do reino, todos os trolls a idolatravam por sua doçura com os súditos e sua beleza descrita por todos que a descreviam como: seu lustroso e sensual bigode e seus dois seios esquerdos, fartos e firmes, os fariam lutar até a morte em sua disputa.

Mas por sorte o shamam predizeu que uma bruxa iria aparecer e resgatar a princesa... e ai surge Cibele!
Seus nomes são Aelo (Ἀελλώ) a mais velha e má humorada, Ocípide (Οκύπητη) a mais veloz e a estranha Celeno (Κελαινώ).


Modelo base
Para produção irei usar este modelo base, falarei desse protótipo mais tarde, com o modelo é só ajustar as formas e modelar algumas partes edicionais.

Algumas imagens de referência de harpias.

Comentários

Postar um comentário

Como fiquei sabendo que um pobre blogueiro foi processado por um comentário anonimo esses dias, so me resta me precaver contra a ineficácia da legislação em tratar o meio online. Mas eu prometo que libero rapido ^_~